QUARTA-TÉCNICA – Estabilidade de Contato com Atrito


Hoje iniciamos uma nova série no blog da ESSS. Intitulado Quarta-técnica, o projeto quinzenal é dedicado a fornecer informações técnicas, dicas de boas práticas e tutoriais. Serão dicas, em formato de vídeo ou texto, sobre diversos assuntos relacionados à simulação computacional, como geometria, malha, configuração de modelos, por exemplo. O objetivo deste projeto é aumentar a agilidade e desmistificar a complexidade de realizar simulações computacionais. A primeira dica da série é sobre estabilidade de contato com atrito.

O atrito muitas vezes é desconsiderado em uma simulação numérica, já que ele proporciona uma maior dificuldade de convergência não-linear. Porém, contatos sem atrito podem resultar em uma resposta instável, afastada da realidade física. Nesta rápida demonstração abaixo (em inglês), apresentamos como o uso de um pequeno coeficiente de atrito pode auxiliar na estabilização de análises com contatos.


Comentarios

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *